Domingo, 17 de Julho de 2011

"JOSÉ & PILAR" AOS ÓSCARES

                         http://splitscreen-blog.blogspot.com

 

   Como vulgar leitor, não aprecio o escritor José Saramago. Tirando as suas primeiras incursões na escrita li praticamente toda a sua obra, a qual francamente não me deslumbra.

   Eu sei que a falha é minha, que mal sei ler e escrever, e disso me penitencio, mas o facto de ter aplaudido com enorme alegria a sua nomeação para Nobel da Literatura e me ter sentido “inchado” de satisfação ao assistir pela televisão à entrega do respectivo galardão, diminui o meu sentimento de culpa.

   Com interventor político a  actividade José Saramago não foi no meu ponto de vista notável, nem quando da sua passagem pelo Diário de Notícias, que foi mais um acto político do que profissional, nem a sua militância no PCP ou mesmo a sua conduta na presidência da Assembleia Municipal de Lisboa, bem como não considerei razoáveis algumas intervenções suas em púlpitos internacionais a defender o indefensável.

   Peço desculpa mas tenho outros valores.

   Não obstante, não estive de acordo que um obscuro subsecretário da Cultura, tenha vetado  a candidatura do seu romance O Evangelho Segundo Jesus Cristo ao Prémio Literário Europeu, justificando tal decisão com o argumento estapafúrdio de “que a obra não representava Portugal mas, antes, desunia o povo português”, embora tenha achado exagerada a decisão de José Saramago se  mudar para Lanzarote, por considerar ter sido vítima de um acto de censura por parte do governo português, embora tivesse feito a opção de pagar os seus  impostos em Portugal, porque aqui eram mais baixos. A decisão de mudar de País é obviamente legítima. O argumento é, no entanto, frouxo.

   E o facto de tal decisão ter sido incluída na agenda de uma cimeira Portugal/Espanha, foi de uma enorme falta de senso. Pelo menos.

   Em resumo podemos  discordar, criticar ou repreender os nossos filhos dentro da nossa própria casa, mas devemos defendê-los com unhas e dentes quando o nosso apoio é necessário para levar o seu nome através do mundo.

   Por isso apoio a candidatura do documentário “JOSÉ  & PILAR”, de Manuel Gonçalves Mendes, ao Óscar de melhor filme estrangeiro e apelo a que todos os que estão de acordo com essa candidatura assinem a petição pública dirigida ao Instituto do Cinema e Audiovisual que está a decorrer em:

 

                         http://splitscreen-blog.blogspot.com

 

PS: Este Post está escrito como se José Saramago esteja vivo, pela simples razão de que ele estará sempre entre nós. Mesmo quando estamos em desacordo com ele.

 

   {#emotions_dlg.chat}Post 371

Estado de Alma: Cinéfilo
Livro: Memorial do Convento
publicado por Lanzas às 19:17

link do post | comentar | favorito
|
1 comentário:
De Tiago Ramos a 19 de Julho de 2011 às 15:58
Obrigado desde já pelo apoio. Deixo aqui o blogue oficial da iniciativa: www.joseepilaraososcares.blogs.sapo.pt

E também a petição para que todos assinem: http://peticaopublica.com/PeticaoVer.aspx?pi=P2011N11961

Comentar post

EM DESACORDO

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

JE SUIS CHARLIE

QUANDO NÃO ERA FIXE FALAR...

Marcelo, Santana e o Cand...

Marcelo, Passos e o Candi...

DIREITOS DOS ANIMAIS ...

O ORÇAMENTO DO NOSSO DESC...

CLARA FERREIRA ALVES

CHOVE EM LISBOA

A FISCALIZAÇÃO SUCESSIVA ...

SUPONHAMOS

arquivos

Janeiro 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Procurar no blog

 

links

blogs SAPO

subscrever feeds

blogs SAPO

tags

todas as tags