Terça-feira, 30 de Março de 2010

E AGORA MALTA ?

   Terminadas as eleições para Presidente do PSD, aí está o décimo oitavo escolhido.

 

  Tínhamos feito oportunamente a recomendação que fizessem os trabalhos de Mercearia no Congresso Extraordinário por forma a ser possível encontrar uma Liderança a sério para o Partido. Como o trabalho não foi feito, fica para a próxima.

 

   Agora, no Congresso da Consagração, sob o escrutínio atento do "Cardeal" que, paternalmente, já se fez ouvir: "O Pedro merecia",  vamos ver as figurinhas que vão querer emergir desta ondinha de fundo. (Foi você que disse vaga ?)

 

   Ao contrário da História, aqui o "Cardeal", fica resguardado, enquanto é o Delfim que vai saltar para a ribalta.

 

   Os Barões assinalados, esses ficarão estrategicamente de fora até que, em lume brando, o "Líder" se queime. Assado ou frito, tanto faz.

 

   Ao contrário do que possa parecer gostaríamos que tivesse sucesso. Que fosse capaz de fazer frente a um Governo que não nos merece (aos portugueses), mas infelizmente não parece que seja isso o que vai acontecer.

 

   Para mal dos nossos pecados.

 

  

 

Estado de Alma: excomungado
Livro: Et Après ..., de Guillaume Musso
tags:
publicado por Lanzas às 08:06

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 29 de Março de 2010

PASCOA FELIZ

VOTOS DE UMA SANTA PASCOA
Estado de Alma: estrelado
Livro: Os Deuses que Fizeram o Céu e a Terra
publicado por Lanzas às 08:56

link do post | comentar | favorito
Domingo, 28 de Março de 2010

MUDANÇA DA HORA

Não se esqueça. Mudou a hora.
Acrescente lá mais uma horita ao seu relógio.
Estado de Alma: adiantado
publicado por Lanzas às 06:12

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 26 de Março de 2010

O PSD E O PEC

   O PSD vai hoje a votos para a escolha do novo Presidente do Partido. É salutar em política, como em todos os outros aspectos da vida, que se procurem as melhores fórmulas para a resolução dos problemas, sobretudo quando as soluções em vigor já não correspondem às necessidades, e precisam ser refrescadas. Vamos admitir que é este o caso, e portanto tudo bem.

 

   Não sabemos, obviamente quem será o vencedor. Mas admitamos, por exemplo, e por mero exercício teórico, que o Senhor Pedro Passos Coelho vence estas eleições.

 

   Nesse caso, iremos viver mais uma das particularidades da política à portuguesa,  dado que o futuro Presidente do Partido, a verificar-se a hipótese de ele vencer as eleições, já declarou que é contra a aprovação do Projecto de Resolução  sobre o PEC. O tão falado Programa de Estabilidade e Crescimento, ontem aprovado na Assembleia da Republica, só e apenas, devido à abstenção do PSD.

 

   Vamos por partes. Se Pedro Passos Coelho fosse Presidente do Partido e o Grupo Parlamentar, a que ele NÂO pertence, tivesse decidido na mesma abster-se na votação de ontem na Assembleia, o que faria?

 

  Não sabemos. Mas, nesse caso, devia demitir-se.  Obviamente.

 

   Assim, como ainda não era Presidente na altura da votação, virá argumentar que não foi ele que deu a orientação de voto, e portanto não se sente vinculado a tal decisão. Mas o Grupo Parlamentar votou, sabendo que existia a possibilidade de ele vir a ser o candidato eleito. Se calhar até o mais provável. E sabendo também que ele era contra.

 

   Então, nesse caso, fica? A fazer  o quê? Figura de corpo presente?                                                                            

 

  Ou parafraseando o seu "amigo" Alberto João Jardim, será que o saco de gatos em que se tornou o PSD vai continuar a digladiar-se entre si, de Congresso em Congresso, até ao Congresso final ?

 

    Aquele em que se decidirá quem é que vai apagar a luz.

 

   Entretanto nos corredores do Partido Socialista devem dar  graças a Deus pela existência deste PSD. Assim não há hipótese de alguma vez perderem eleições. Podem dormir descansados.

 

   E nós Portugueses? Podemos?

 

 

Estado de Alma: em choque
Livro: Os Sete Pecados Capitais
tags:
publicado por Lanzas às 08:30

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Quinta-feira, 25 de Março de 2010

O ESTADO DO BANCO

   Desde a criação do nosso blogue, temos vindo a dar voz a algumas situações que vamos encontrando no dia a dia, as quais dificultam, e de que maneira, a vida dos utilizadores do espaço público. A Câmara Municipal de Lisboa bem que podia ir atentando em alguns destes e outros atentados que existem espalhados pela Cidade de Lisboa. Mas não. Não está muito interessada nos pequenos detalhes. Está mais interessada nos grandes projectos. Normal.

 

   Chegamos a ter alguma esperança no Movimento de Cidadãos, para ajudar nestes e noutros assuntos, mas depois de obtidos os lugarzinhos da praxe o Movimento desapareceu em combate. Até às próximas eleições. Normal.

 

   Em contraponto temos igualmente trazido à colação alguns exemplos do que é o mau comportamento de alguns cidadãos.

 

   Hoje deixamos aqui expresso um deles. Passados poucos dias de terem sido instalados no Parque da Quinta das Conchas um razoável numero de bancos de madeira, para usufruto de todos os frequentadores do mesmo, um deles já se encontra neste lindo estado. Digno do Terceiro Mundo.

 

   Se calhar temos o que merecemos. Será ?

 

  

 

 

Estado de Alma: de pernas para o ar
publicado por Lanzas às 05:52

link do post | comentar | favorito
Quarta-feira, 24 de Março de 2010

PSD - DIRECTAS

 

   Dia 26 vão realizar-se as Eleições Directas para eleger o Presidente do PSD. Anuncia-se a crónica de mais um oportunidade perdida.

 

   Apresentam-se três candidatos e um poeta, mas não será ainda desta vez que o Partido consegue o golpe de asa que lhe permita encontrar um Presidente que reúna as qualidades indispensáveis para governar este País.

 

   Ao contrário da actual Presidente Manuel Ferreira Leite, que tem qualidades para tal, mas cujo desprendimento que manifesta pela política não lhe permitiu chegar aos portugueses. É competente e credível, mas a política pede um pouco mais.

 

  Estamos convencidos que destas eleições o Partido vai sair enfraquecido, pois sendo previsível que Aguiar Branco não vai vencer as eleições e dado que já anunciou que em caso de derrota deixa a chefia do Grupo Parlamentar, o Partido vai perder alguém que manifestou competência para este cargo. O que virá a seguir a ver vamos.

 

   É sabido que normalmente não são os Partidos da Oposição que ganham eleições, mas sim os Partidos que estão no Governo que as perdem.

 

   Actualmente esta ultima situação está em condições de se verificar. Falta a primeira. Um Partido disponível para ganhar eleições. Mas com o PSD ainda vai demorar que tal aconteça.

 

   O futuro Presidente vai ficar, logo à partida, a ser cozinhado em lume brando, até que umas próximas eleições o mande porta fora. E assim sucessivamente até que apareça alguém com condições para se impor no Partido, congregar vontades, reunir competências e escolher realmente os melhores, para em conjunto serem capazes de apresentar propostas que verdadeiramente mobilizem os portugueses.

 

   Que bem precisam !

Estado de Alma: alaranjado
Livro: O Jardim dos Venenos
tags: ,
publicado por Lanzas às 05:57

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 23 de Março de 2010

FESTIVAL POPULAR DA PANCADARIA

   Realizou-se no passado Domingo mais um Festival Popular da Pancadaria, desta vez num Estádio algures entre Faro e Loulé, construído quase exclusivamente para o efeito.

 

   Só como curiosidade diga-se  que a manutenção deste "elefante"  custa cerca de 150.000,00 € mensais, sendo o custo da amortização dos custos de construção e respectivos juros  cerca de 1,5 milhões de € anuais. Bagatelas, face à qualidade e quantidade de eventos que lá se realizam.

 

   Durante a realização do Festival houve números muito apreciados, nomeadamente o lançamento de fogo de artifício e objectos voadores não identificados, os quais foram saudados efusivamente por grande parte dos presentes, tendo-se  verificado  no intervalo  a "oferta" aos Guarda Redes de diversos objectos promocionais, nomeadamente isqueiros e garrafas de água. Miminhos!

 

   No intervalo do Festival realizou-se um jogo dito de Futebol, durante o qual alguns intervenientes, fizeram jus ao nome do evento, tendo dado o seu contributo gratuito para o sucesso do mesmo, com a demonstração prática de alguns dos golpes usualmente utilizados neste tipo de actividade (que alguns , não se sabe bem porquê, teimam em chamar desporto)  sob a supervisão atenta e deslumbrada de um especialista, devidamente assessorado por três adjuntos. (igualmente especialistas).

 

   Antes e depois do Festival, e como forma de promoção do mesmo, verificaram-se em diversos locais do País algumas manifestações de sensibilização do público em geral, quase sempre com a participação simbólica das forças policiais, as quais, segundo os responsáveis, tinham a nobre missão de "...  acompanhar os adeptos de onde quer que eles venham de forma a garantir a segurança de todos".

 

   Em resumo, um êxito. Pelo que estão todos de Parabéns!

 

 

 

Estado de Alma: amarelo
Livro: Desporto, Escola de Virtudes
publicado por Lanzas às 05:45

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 22 de Março de 2010

VIRAM POR AÍ O D. SEBASTIÃO ?

   Não há dúvida que vivemos num Estado de direito, muito embora esteja torto o estado do País.

 

   É evidente que os nossos Governantes têm todo o direito  de pedir a ALGUNS de nós os sacrifícios necessários para  Portugal sair da crise.

 

   Porque para entrar não foi preciso ajuda. Estavam lá Eles (Os Governantes).

 

   Como? Por exemplo com um Orçamento de Estado para 2009 (por mero acaso ano de eleições, lembram-se), em que houve dinheiro para tudo. Aumentos fora de qualquer justificação que não fosse o acenar a uns votozinhos. Construção de Auto-Estradas ao lado de Auto-Estradas, e tudo o mais que se viu. Foi um fartar ...!

 

   Agora que o cinto dos Empréstimos Externos apertou para o lado deles, não foram de modas e desapertaram, para o lado de quem não pode estrebuchar, ou seja, basicamente, os trabalhadores por conta de outrém. E aí são inflexiveis: " Caso seja necessário, o Governo está disponivel para tomar medidas mais duras para garantir um redução do défice, e assegurar uma efectiva e sustentável consolidação das Contas Públicas", disse Teixeira dos Santos. Estamos avisados.

 

   Claro está que sem aumentar impostos, tal como explica o Sr. Adriano da "Flôr das Laranjeiras":

 

   - "Não aumentamos preços nenhuns. Limitamo-nos a um incremento da verba que é necessária despender por parte dos nossos Clientes, para fazerem face ao custo dos bens, produtos e serviços consumidos. Qual aumento de preços, qual carapuça".

 

   Já  aqueles que não têm que dar o corpo ao manifesto podem estar descansados, pois o Sr.Ministro já veio afirmar que: "A medida prevista no PEC para tributação das mais valias bolsistas só será aplicada quando existirem sinais claros de estabilidade nos mercados financeiros".

 

    O que supomos  está previsto acontecer quando D. Sebastião regressar de África. (Não,não nos estamos a referir ao passeio do PM pelo Norte de África, para mais umas corridinhas nas avenidas marginais e parque públicos dos paises visitados, mas aquele que anda desaparecido desde Alcácer Quibir).

 

   "Então, a todo o momento estaremos em condições de equacionar a implementação dessa medida", disse o Sr. Ministro. Medida essa que, segundo alguns economistas, se fosse aplicada poderia traduzir-se em 250 milhões de Euros para os cofres do Estado. Detalhes. Ou será o preço pago pelo aumento do IRC para a Banca?

 

  E reforçou, categório :"Não temos qualquer problema em iniciar a tributação das mais valias bolsistas, desde que haja um quadro financeiro relativamente estabilizado, e a serenidade e confiança necessárias voltem aos mercados. A partir daí, podemos começar (só começar) a equacionar essa matéria". No entanto, frisou o Sr. Ministro: "Ainda não é o momento para começar a tributar as mais valias".

 

   Pois não Sr. Ministro, por agora, é só o momento de saltar para cima do . Deve chegar!                    

                                                   

 

 

Estado de Alma: espremido
Livro: O Inverno do Nosso Descontentamento
publicado por Lanzas às 06:26

link do post | comentar | favorito
Domingo, 21 de Março de 2010

PRIMAVERA

                      SALVÉ  21 DE MARÇO

                          

                    CHEGOU A PRIMA VERA.

                         ( A TIA RITA VEM A CAMINHO)

Estado de Alma:
publicado por Lanzas às 06:02

link do post | comentar | favorito
Sábado, 20 de Março de 2010

LIMPAR PORTUGAL

                      

                HOJE É DIA DE LIMPAR PORTUGAL

   DO LIXO, DA IMUNDICE, DA INCÚRIA, DO DESLEIXO, DA VERGONHA. 

   PARABÉNS A TODOS OS QUE PARTICIPAM E SÃO CAPAZES DE SER SOLIDÁRIOS.

   AFINAL AINDA PODE HAVER ESPERANÇA.

   É SÓ NOS ACREDITARMOS. VAMOS A ISTO MALTA !

 

                               

Estado de Alma:
Livro: Lixo de Irvine Welsh
publicado por Lanzas às 06:03

link do post | comentar | favorito

EM DESACORDO

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

JE SUIS CHARLIE

QUANDO NÃO ERA FIXE FALAR...

Marcelo, Santana e o Cand...

Marcelo, Passos e o Candi...

DIREITOS DOS ANIMAIS ...

O ORÇAMENTO DO NOSSO DESC...

CLARA FERREIRA ALVES

CHOVE EM LISBOA

A FISCALIZAÇÃO SUCESSIVA ...

SUPONHAMOS

arquivos

Janeiro 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Procurar no blog

 

links

blogs SAPO

subscrever feeds

blogs SAPO

tags

todas as tags