Segunda-feira, 19 de Abril de 2010

PARÁBOLA DO CORAÇÃO MANSO

    "... Jesus ao encontrar-se com as pessoas do seu tempo, revelou toda a sua mansidão. Um homem chamado Zaqueu (julgamos que também conhecido por Teixeira dos Santos) era rejeitado por ser cobrador de impostos para os romanos. Jesus fez-se convidar para ir a sua casa. Zaqueu recuperou a paz".

 

   É normal que José Sócrates não conheça a Biblia. Terá, por certo,  coisas mais importantes com que se preocupar, e no seu ficheiro de erudição não consta com certeza nenhuma entrada sobre a matéria.

 

   Assim sendo, é evidente que não pode reclamar o Jugo do Senhor tal como Ele fez, conforme nos ensina Mateus em 11.28:  "Vinde a mim todos os que estais cansados e oprimidos, e vos aliviarei". Da carga fiscal não será com certeza. E a seguir em 11.29: " Tomai sobre vós o meu jugo e aprendei de mim, porque sou manso e humilde de coração e encontrareis descanso para o vosso espírito" Logo imcompatível com o animal feroz de que se reclama. Terminando em 11.30: "Porque o meu jugo é suave e o meu fardo é leve". Leve? Com TGV, Aeroporto, Concessões, Televisões e o que mais se verá, é pesado como chumbo o fardo que vai deixar. 

 

   Daí que tenha procurado sacudir a água do capote quando foi tentado pelo Diabo (ou seria Francisco Louçã?), o qual com falinhas mansas apelou ao seu coração, mas foi repelido com a brusquidão dos fracos: "Manso é a tua tia, pá", como se a senhora andasse por aí nalguma manifestação de professores  ou de funcionários do Estado a pedir a sua (dele) reforma antecipada.

 

   Aliás a frase, muito na linha daquela do "Porreiro, pá", faz-nos lembrar que porreiro, porreiro era que fosse pregar para outra paróquia, pá.

  

 

Estado de Alma: em mansidão
Livro: Biblia
publicado por Lanzas às 08:13

link do post | comentar | favorito
Domingo, 18 de Abril de 2010

AUSÊNCIA TEMPORÁRIA DA BLOGOSFERA

   Não sabíamos que tínhamos tantos seguidores.(Ou será que é só um, com acesso a diversos mails diferentes?). Mas após quase 15 dias de interregno, desde que voltamos a publicar, tem nos vindo a ser perguntado quais os motivos da nossa ausência da blogosfera.

 

   Para satisfazer a curiosidade manifestada, e  com os agradecimentos pela dita , cumpre informar que se tratou de um problema técnico com o computador, protagonizado pela Líder cá de casa, conforme se documenta pela imagem abaixo.

 

   Obrigado. E até amanhã.

Fotomontagem: João Portalegre

  

Estado de Alma: Bloger
Livro: O Livro de Estilo
publicado por Lanzas às 15:47

link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 16 de Abril de 2010

O QUE ELES DIZEM

 

   "O Secretário de Estado do Poder Local, José Junqueiro, classificou a Administração Local como o sector "mais transparente" do País. E afirmou que os autarcas são "estruturalmente honestos".

 

    Luís de Sousa, professor do ISCTE, autor de um estudo sobre a corrupção em Portugal, promovido pela Procuradoria-Geral da República, o qual foi apresentado recentemente em Lisboa com a presença do líder do Ministério Público  Pinto Monteiro e do Ministro da Justiça Alberto Martins,  revela nesse trabalho que "quase 90% da corrupção participada envolve os órgãos de poder local: 68,9% dos crimes de corrupção passiva são cometidos nas câmaras municipais, 15,6% nas empresas municipais e 4,4% nas freguesias".

 

   Se não fosse trágico era divertido.

Estado de Alma: Enganado
Livro: O Poder Local
publicado por Lanzas às 07:50

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 15 de Abril de 2010

NA BRASA

 

 

   Foi publicada na Imprensa de ontem que o Secretário de Estado da Saúde Dr. Manuel Pizarro foi controlado quando seguia a 145 Kms/H no passado dia 1 pelo radar de velocidade da GNR numa zona em obras da A1, junto de Ovar, no qual o limite de velocidade permitido era de 80 Kms/H.

 

   Mesmo que não estivesse em obras o limite máximo de 120 Kms/h , previsto para as Auto Estradas, estava ultrapassdo em 25 Kms/H. Mas era uma zona considerada perigosa pelo que esse limite havia sido reduzido. Por precaução. Para os palermas já se vê.

 

   Incorria o Dr. Manuel Pizarro numa multa de 300 Euros e possível cassação da carta de condução, no entanto, mal se identificou perante os militares, foi mandado seguir sem ser autuado, porque segundo a GNR, nos termos do Código da Estrada os titulares de cargos do Estado, quando conduzam em missões de serviço, devidamente assinaladas, estão isentos de autuação.

 

   Outros dezasseis condutores foram igualmente controlados.

 

   Porque vivemos em suposta Democracia era importante que:

 

   1) A GNR divulgasse os resultados dos outros dezasseis condutores controlados. Velocidades a que seguiam e coimas aplicadas.

 

   2) O Dr. Manuel Pizarro explicasse em que missão de serviço seguia, a qual lhe permitiu, em consciência, aceitar não ser punido nos termos da Lei a que todos os cidadãos  deveriam estar sujeitos.

 

   Caso não o façam reforça-se o sentimento, que mina a sociedade portuguesa em geral, da impunidade de que alguns "Senhores da Guerra" gozam.

 

   Indevidamente. Imoralmente.

Estado de Alma: multado ... e mal pago
Livro: Princípio de Peter
publicado por Lanzas às 11:09

link do post | comentar | favorito
Sexta-feira, 2 de Abril de 2010

JOÃO PAULO II

   Passam hoje cinco anos  desde a morte de João Paulo II, Karol Wojtyla de seu verdadeiro nome, nascido a 18 de Maio de 1920 em Wadowice, perto de Cracóvia na Polónia.

 

  Foi eleito Papa a 16 de Outubro de 1978, sucedendo a João Paulo I, depois da morte deste, 33 dias após a sua eleição como Papa. Foi o 265º sucessor de Pedro à frente dos destinos da Igreja Católica, interrompendo mais de 400 anos de eleição de Papas italianos.

 

   Durante o seu pontificado, foram 104 as viagens realizadas por João Paulo II, durante as quais visitou 129 países,  tornando-se assim o Papa mais viajado da história religiosa, e com as quais conseguiu aproximar-se  dos fieis de Cristo, e particularmente dos jovens.

 

   Paradoxalmente algumas das questões fulcrais para a Igreja Católica, nas quais manteve até final uma visão conservadora, tal como no caso do casamento dos sacerdotes, na ordenação das mulheres,  no uso de contraceptivos, e no direito ao aborto, matérias em que o Vaticano sob a sua orientação permaneceu irredutível,  contribuíram para o afastamento de muitos católicos da sua Igreja.

 

   Fátima ficará para sempre ligada a João Paulo II, já que este sempre atribuiu a Nossa Senhora de Fátima o milagre que lhe terá salvo a vida, quando  foi vítima na Praça de São Pedro em Roma, a 13 de Maio de 1981, de um atentado perpetrado pelo  turco Ali Agca que o atingiu a tiro na mão esquerda, abdómen e braço direito.

   Havia de ser também em Fátima que o padre espanhol Juan Fernandez Khron atentou contra João Paulo II a 14 de Maio de 1982, mas desta vez sem quaisquer consequências.

 

   Chegaram a levantar-se vozes, face à manifesta debilidade física que marcou a fase final do pontificado de João Paulo II, a pedir a sua substituição, ainda em vida, como Papa,  o que a ter acontecido, teria sido um facto inédito na história da Igreja.

 

   Apesar desses  rumores e outros sobre a sua morte, nunca perdeu, até ao final, a sua enorme capacidade missionária.

   Está previsto como homenagem à sua memória, que se eleve, em polaco, a seguinte súplica durante a Oração dos Fieis: “Pelo venerável Papa João Paulo II, que serviu a Igreja até o limite das suas forças, para que, do céu, interceda para infundir a esperança que se realiza plenamente participando da glória da ressurreição”.

 

   Para quem acredita ...

 

  

 

Estado de Alma: abençoado
Livro: Amor e Responsabilidade
tags:
publicado por Lanzas às 07:59

link do post | comentar | favorito
Quinta-feira, 1 de Abril de 2010

A TRADIÇÃO JÁ NÃO É O QUE ERA

   Tendo em atenção a tradição do 1º de Abril, e dado que lhes mentem todos os dias, os políticos Portugueses resolveram poupar os seus compatriotas e comprometeram-se a não fazer hoje qualquer declaração pública.

 

   Assim qualquer noticia, relacionada com a criação de empregos (seja 1, sejam 150.000); o não aumento de impostos;  a melhoria das condições de vida dos reformados; a diminuição do número de desempregados; a criação de um sistema de ensino decente que forme pessoas e que não se limite a dar-lhe uma passagem administrativa (sem limite de faltas e com qualquer numero de negativas); uma justiça célere, sem contradições entre os seus órgãos; ou qualquer outra noticia com características semelhantes, deve ser considerada impublicável no dia de hoje.

 

   Sem que seja  considerada Censura.

 

   Bem bastam os restantes 364 dias do ano.

 

  

 

Estado de Alma: piedoso
Livro: As Piedosas
tags:
publicado por Lanzas às 08:12

link do post | comentar | favorito

EM DESACORDO

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

JE SUIS CHARLIE

QUANDO NÃO ERA FIXE FALAR...

Marcelo, Santana e o Cand...

Marcelo, Passos e o Candi...

DIREITOS DOS ANIMAIS ...

O ORÇAMENTO DO NOSSO DESC...

CLARA FERREIRA ALVES

CHOVE EM LISBOA

A FISCALIZAÇÃO SUCESSIVA ...

SUPONHAMOS

arquivos

Janeiro 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Procurar no blog

 

links

blogs SAPO

subscrever feeds

blogs SAPO

tags

todas as tags