Quarta-feira, 7 de Dezembro de 2011

PAGAR A DÍVIDA? IDEIA (PARVA) DE CRIANÇA.

 

 

{#emotions_dlg.chat}Post 430

Estado de Alma: O Mascarilha
Livro: Confisões de uma Máscara
publicado por Lanzas às 17:37

link do post | comentar | favorito

O ESTRIPADOR DE LISBOA - "A STUDY CASE"

   Nos últimos dias tem sido notícia de primeira página nos jornais e de abertura nos telejornais a "descoberta" do "estripador de Lisboa".

   A forma como o assunto tem sido noticiado é um verdadeiro study case.

   Vamos admitir que tudo o que tem sido escrito e dito nos últimos dias é verdade, e que se encontra detido o homem que em 1992/3 assassinou de forma bárbara três mulheres, e que por um conjunto de circunstâncias conseguiu na altura iludir uma das mais completas investigações efectuadas pela Polícia Judiciária, que incluiu o apoio de uma das polícias com melhor know how na matéria o FBI, e que o seu filho tinha conhecimento desses factos.

   Como classificar a atitude deste jovem de se disponibilizar agora para acusar o Pai de crimes inenarráveis, não para que fosse feita justiça, não para evitar que outros crimes idênticos eventualmente se consumassem, mas como moeda de troca para entrar num concurso televisivo?  Está tudo dito acerca da sua formação moral, ainda que de forma ínvia tivesse colaborado para se ficar a saber quem praticou tais desmandos.

   Mas ... e se o que tem sido noticiado não corresponder à realidade e não for mais do que a busca do minuto de fama que leva por vezes a ofuscar mentes menos limpas?

   Então não tem qualificação a disponibilidade de um personagem para se colocar na pele de um criminoso hediondo, alimentando uma história que a não ser ele o protagonista, é uma caso do foro psiquiátrico a merecer cuidados imediatos.

   E quem conduziu uma "investigação" através de um "infiltrado", neste caso o filho do próprio suspeito, não deveria ter informado a Polícia para que fosse avaliada a veracidade dos elementos de que dispunha e só depois publicar esse mesmo material?  

  Ou o facto de se estar na posse de uma eventual  "caixa" e poder publicar uma primeira página "de arromba" dá o direito de passar por cima da objectividade que o caso deveria merecer e do respeito pelo esforço e dedicação de quem no terreno, embora de forma inglória, tudo fez na altura para encontrar o responsável e cuja falta de resultados provocou um verdadeiro trauma em muitos dos investigadores envolvidos, que em alguns casos não foi possível recuperar?

   Neste momento com um suspeito detido vai ser possível à Polícia confrontar os elementos no processo, como uma impressão palmar disponível e outras, com o seu ADN. Hoje, amanhã, para a semana vai com certeza ficar-se a saber a verdade.

   As famílias da vítimas e todos os que estiveram envolvidos na procura do assassino, merecem a verdade.

   E se não for este o "estripador"?

 

{#emotions_dlg.chat}Post 429

Estado de Alma: Observador
Livro: A Pista Negra
publicado por Lanzas às 14:27

link do post | comentar | favorito
Terça-feira, 6 de Dezembro de 2011

FERIADOS A MAIS. FERIADO A MENOS

   No período conturbado que o País vive, com uma necessidade absoluta de tentar pôr fim a uma época de desmandos económicos  que nos colocaram num dos patamares mais baixos da nossa história, não custa aceitar que na indispensavel política de aumento de produtividade de todos nós se olhe para a necessidade de cortar alguns feriados.

   Seria preferível olhar primeiro para as célebres "pontes", e os dias de Aniversário concedido por esse País fora por Câmaras Municipais e Organismos Públicos, mas enfim, é o País que temos. 

   E se existem áreas onde cada português terá a sua visão pessoal, esta é manifestamente uma delas, em função da forma como se posiciona na sociedade: Católico, progressista, monárquico, saudosista e por aí fora.

   É porém dificil de aceitar que existindo actualmente em Portugal 13 feriados, oito católicos e 5 comemorativos,  se tenha permitido que a Igreja Católica inteligentemente se antecipasse às proposta do Governo, propondo cortar dois feriados religiosos desde que fossem também cortados dois feriados "civis", e com isso retirado, manifestamente, capacidade de manobra ao Governo.

   Ora a proposta do Governo de acabar com os feriados do 5 de Outubro e 1º. de Dezembro, é no que respeita a este último, DIA DA RESTAURAÇÃO DE PORTUGAL, de uma insensibilidade pela Portugalidade do nosso Povo que ultrapassa todos os limites.

   Este é o único feriado que diz realmente respeito a todos nós portugueses, por nos termos livrado na altura de um inimigo, por muito que agora cultivemos boas relações com Espanha, o que é obviamente desejável, pelo qual fomos ultrajados, roubados, vilipendiados, e foi graças ao esforço heróico de um punhado de Homens que tiveram a coragem de não vender a alma ao Diabo que nos conseguimos restabelecer como Nação.

   Camões, o Hino Nacional, a Bandeira, as Descobertas, o Orgulho Lusitano tudo seria hoje um passado sem lembrança, se não tivesse existido o 1º de Dezembro de 1640.

   Adianta pouco andar de Pin na lapela do casaco, num arroubo de adolescentes por qualquer idealismo efémero,  quando se deita para as ortigas o dia da Restauração de Portugal.

   Salvo melhor opinião trata-se do único feriado que não deveria ser sacrificado.

   Digo eu que tenho orgulho em ser Português.

 

 

{#emotions_dlg.chat}Post 428

  

Estado de Alma: Português
Livro: História de Portugal de Alexandre Herculano
publicado por Lanzas às 09:37

link do post | comentar | favorito
Segunda-feira, 5 de Dezembro de 2011

AVISADOR PARA LADRÕES

   Ao regressar no fim de semana a casa deparei com este "Aviso" colocado na minha porta de entrada, o qual considero um atentado à minha segurança, pois que na prática quer dizer: Não está ninguém em casa. Podem assaltar. No patim de escada do andar que habito, em quatro portas, três tinham este aviso. Numa altura que cada vez mais se fala em assaltos e outros atentados, o direito à publicidade, deveria ceder ao direito à segurança. É uma questão de bom senso. Não deveria valer tudo como parece ser o caso.

 
{#emotions_dlg.chat}Post 427
Estado de Alma: Em Perigo
Livro: O Livro Azul da Publicidade
publicado por Lanzas às 15:37

link do post | comentar | favorito

EM DESACORDO

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

JE SUIS CHARLIE

QUANDO NÃO ERA FIXE FALAR...

Marcelo, Santana e o Cand...

Marcelo, Passos e o Candi...

DIREITOS DOS ANIMAIS ...

O ORÇAMENTO DO NOSSO DESC...

CLARA FERREIRA ALVES

CHOVE EM LISBOA

A FISCALIZAÇÃO SUCESSIVA ...

SUPONHAMOS

arquivos

Janeiro 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Procurar no blog

 

links

blogs SAPO

subscrever feeds

blogs SAPO

tags

todas as tags