Quinta-feira, 17 de Março de 2011

O POVO DA INTERNET (LEIA-SE BLOGUES)

   Foi com surpresa que li o artigo de opinião de Mário Crespo no jornal Expresso do último sábado, no qual em 108 linhas de prosa, reservou 61  para se referir com manifesto acinte aos Blogues em geral, parecendo pretender assim justificar a sua superioridade intelectual por recusar "os convites que frequentemente lhe são dirigidos para neles escrever", com base na falta de qualidade dos mesmos.

   Obviamente que existem bons e maus Blogues, assim como existem bons e maus jornais, bons e maus programas de televisão, bons e maus jornalistas, bons e maus artigos de opinião, bons e maus "planos inclinados", e por aí fora.

   Curiosamente já existia na imprensa portuguesa um jornalista - Miguel Sousa Tavares -  que por acaso também assina semanalmente uma crónica no mesmo jornal que é um acérrimo opositor "dessa gente" que escreve na internet (leia-se Blogues). Será coincidência?

   Tratando-se de dois credenciados jornalistas com acesso a praticamente todos os meios de informação, lidos e ouvidos por centenas de milhares de pessoas é de estranhar que percam o seu tempo e espaço numa espécie de cruzada contra "essa gente (rasca?) que escreve na internet" (leia-se Blogues).

   Sucede que tal como acontece com os Blogues em geral temos visto bons e maus "Jornais das 9" na SIC Notícias, durante os quais com frequência  Mário Crespo se espraia em considerações e opiniões pessoais, que muitas das vezes ultrapassam os limites de um apresentador de um jornal de notícias, e com as quais nem sempre estou de acordo, tal como muita outra gente.

   Claro que Mário Crespo tem o direito de ter opiniões e tecer considerações, mas em artigos de opinião como este do Expresso, mesas redondas, colóquios, entrevistas e sei lá mais o quê, mas enquanto apresentador de um jornal de notícias não nos parece adequado.

   Relativamente a Miguel Sousa Tavares, com quem basicamente estou em desacordo, mas de quem leio religiosamente as crónicas semanais, tem vindo a perder fôlego nos seus escritos os quais vêm perdendo a qualidade de outros tempos. Acontece aos grandes profissionais. Está em manifesta baixa de forma.

   Voltando aos blogues, onde não existe "só escrita maldizente": Os maus extinguem-se naturalmente no fogo impiedoso da exigência de qualidade mínima. Os outros, com maior ou menor regularidade, face às possibilidades dos seus mentores vão continuar a ter opinião, analisar, comentar, aplaudir ou contestar. É a possibilidade de que dispõe quem não tem, ou não quer ter, acesso a outros meios de informação, pese o desagrado de Mário Crespo e Miguel Sousa Tavares.

   Já no que se refere ao "povo da internet" (leia-se Blogues) destaco ao correr da pena, sem qualquer desconsideração por tantos outros , os nomes de dois Senhores que escrevem com honra e prazer em Blogues: Vital Moreira e José Pacheco Pereira.

   Para que conste.

  

Post 266

Estado de Alma: Repórter X
Livro: Cântigo Negro
publicado por Lanzas às 09:53

link do post | comentar | favorito

EM DESACORDO

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

JE SUIS CHARLIE

QUANDO NÃO ERA FIXE FALAR...

Marcelo, Santana e o Cand...

Marcelo, Passos e o Candi...

DIREITOS DOS ANIMAIS ...

O ORÇAMENTO DO NOSSO DESC...

CLARA FERREIRA ALVES

CHOVE EM LISBOA

A FISCALIZAÇÃO SUCESSIVA ...

SUPONHAMOS

arquivos

Janeiro 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Procurar no blog

 

links

blogs SAPO

subscrever feeds

blogs SAPO

tags

todas as tags