Terça-feira, 22 de Março de 2011

GOVERNO DE SALVAÇÃO NACIONAL

   Hoje dia 22 de Março é consensual, ou quase, em Portugal que só uma ampla coligação poderá sustentar um Governo de Unidade, ou de Salvação Nacional - não há que ter medo das palavras - de modo a procurar encontrar-se uma solução que não sendo a definitiva, encaminhe o nosso País para uma rota correcta, de onde foi afastado por uma deriva política de obras de regime, a maioria sem qualquer utilidade, feitas apenas para garantir a sustentabilidade de grandes grupos económicos e por uma política eleitoralista permanente, sem comparação no Pós 25 de Abril.

   Encarreirado o rumo do País, será então altura de o povo voltar a escolher os seus dirigentes, par se voltar a uma normalidade política.

   Parece pois, à primeira vista, relativamente simples a solução, caso não houvesse uma pessoa que neste momento ainda dispõe da capacidade de a evitar: José Sócrates.  

  Já apontamos aqui dois nomes do Partido Socialista que nos parecem ser amplamente capazes de ajudar a ultrapassar esta crise: Jaime Gama e Guilherme Oliveira Martins.

   Nos últimos dias outro nome se tem perfilado para poder contribuir para uma solução da nossa grave crise, e pôr cobro à política de mentiras, meias verdades e jogo de palavras, sempre em prejuízo dos mais desfavorecidos, prosseguida por este Governo: Trata-se de Francisco Assis.

   Não fora a eventual convicção de José Sócrates, ou medo de perder o emprego já que ao que consta não sabe fazer mais nada, que depois dele virá o dilúvio e estaríamos a caminho de iniciarmos uma nova fase das nossas vidas. E é bom recordar aqui e agora que de generais invencíveis estão os cemitérios cheios, e José Sócrates nem é general, longe disso, nem é invencível, ainda mais longe.

   Há pois que dar um empurrãozito para o homem se pôr a milhas, já que pelo seu próprio pé parece que não vai.

   Vamos a isso Senhor Aníbal Cavaco Silva, Presidente da Republica?

   Foi para isso, ou coisas parecidas, que o elegemos.

 

Post 274

 

Estado de Alma: A afundar
Livro: Aprendiz de Homem
publicado por Lanzas às 12:50

link do post | comentar | favorito

EM DESACORDO

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

JE SUIS CHARLIE

QUANDO NÃO ERA FIXE FALAR...

Marcelo, Santana e o Cand...

Marcelo, Passos e o Candi...

DIREITOS DOS ANIMAIS ...

O ORÇAMENTO DO NOSSO DESC...

CLARA FERREIRA ALVES

CHOVE EM LISBOA

A FISCALIZAÇÃO SUCESSIVA ...

SUPONHAMOS

arquivos

Janeiro 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Procurar no blog

 

links

blogs SAPO

subscrever feeds

blogs SAPO

tags

todas as tags