Terça-feira, 21 de Junho de 2011

TODOS TEMOS UM PREÇO ...

  ... é dos livros, e não anda longe da verdade.

  No caso do futebol  ainda é mais flagrante. As juras de amor eterno têm um prazo de validade muito curto e sucumbem rapidamente face aos rublos, dólares, euros ...e aos maus resultados.

   Ninguém no seu juízo perfeito pode achar que o ex treinador do Futebol Clube do Porto cometeu uma traição ao clube do seu coração, pois estava escrito no seu contrato que era tudo uma questão de preço. No caso concreto até estava estabelecida qual seria a verba pela qual todas as afirmações, mais ou menos descabidas, de estar sentado na cadeira do poder com que sempre sonhara deixavam de ter valor: Eram 15 milhões de euros.

   Como sempre o Futebol Clube do Porto não tem razão de queixa do negócio. Tinha conseguido a contratação do seu ex-treinador a custo zero, tendo feito com que este rasgasse um papelinho, o qual segundo o Presidente da Assembleia Geral do Sporting, tinha sido assinado com o Clube de Alvalade comprometendo-se a ser seu treinador, e "vende-o" passado um ano por 15 milhões de euros. Isto depois de desportivamente ter ganho tudo o que havia para ganhar, ficando agora igualmente a ganhar, e muito, na Tesouraria.

   E não vão ficar por aqui as receitas extraordinárias, pois aos 15 milhões vão somar-se, com toda a certeza, mais umas dezenas de milhões de euros com a venda de um ou dois jogadores, e todavia para a próxima Liga de Futebol o Futebol Clube do Porto continua a ser o principal candidato ao título.

   É que o seu treinador principal, Jorge Pinto da Costa, não tem cláusula de rescisão, e ficará no clube até que a voz lhe doa.

   Abençoado clube que tal filho tem.

   Para que não subsistam dúvidas fica dito que se eu estivesse, no lugar do ex-treinador do Futebol Clube do Porto, e nas mesmas circunstâncias, teria feito quase exactamente a mesma coisa. Aos 33 anos um contrato a cinco anos a valer 5 milhões ano, mais prémios, mais a gestão de uma promissora carreira, põe a cabeça de um homem à roda.

   Por mim teria avisado, há pelo menos um mês, o clube do meu coração para que este não fosse apanhado de surpresa (será que o Futebol Clube do Porto foi surpreendido? Duvido!) que estava em negociações para me ir embora, mas isso são detalhes.

   Digamos mesmo: Minudências.

 

{#emotions_dlg.chat}Post 356

Estado de Alma: A fazer contas
Livro: Como Funciona o Mundoi
publicado por Lanzas às 11:47

link do post | comentar | favorito

EM DESACORDO

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

JE SUIS CHARLIE

QUANDO NÃO ERA FIXE FALAR...

Marcelo, Santana e o Cand...

Marcelo, Passos e o Candi...

DIREITOS DOS ANIMAIS ...

O ORÇAMENTO DO NOSSO DESC...

CLARA FERREIRA ALVES

CHOVE EM LISBOA

A FISCALIZAÇÃO SUCESSIVA ...

SUPONHAMOS

arquivos

Janeiro 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Procurar no blog

 

links

blogs SAPO

subscrever feeds

blogs SAPO

tags

todas as tags