Domingo, 24 de Julho de 2011

PARABÉNS ANTÓNIO JOSÉ SEGURO

   António José Seguro, foi ontem eleito Secretário Geral do Partido Socialista, com mais de 2/3 dos votos dos militantes, no que foi uma demonstração evidente da vontade de mudar de página no partido, tal como os portugueses já haviam feito a nível nacional nas recentes eleições legislativas.

   Como diria Pedro Santana Lopes o percursor, em termos políticos, da leitura dos astros, estava escrito nas estrelas que um dia seria Secretário Geral do PS. Falta agora o própro afirmar que um dia será Primeiro Ministro, só não sabendo quando, tal como afirmou antes de ter utilizado o lugar que lhe serviu de trampolim para Bruxelas o destinatário original do discurso das estrelas, ou seja Durão Barroso.

   É de saudar a chegada de António José Seguro ao poder no partido. Pode dizer-se que é o corolário de uma longa caminhada, cujo objectivo foi delineado há muito tempo e de onde não se desviou nunca um milímetro sequer. Durante o consulado do ex- Secretário Geral do PS, o silêncio quase sepulcral, foi a fórmula que escolheu para atravessar o deserto partidário, já que o "eucalipto" secava tudo à sua volta.

   E até quando de muito em muito longe tinha alguma intervenção de fundo, ou votava "desalinhado", era dentro da linha de orientação por si traçada à longo prazo que o fazia. Queria ser Secretário Geral do partido, com obviamente quer ser Primeiro-ministro e nisso jogou a sua carreira política. Meteu agora um golo importante nesse objectivo mas está longe de ter vencido o desafio, pois as tácticas particulares, dentro do seu próprio partido, fazem deste um jogo de resultado imprevisível. E como diria quem sabe, prognósticos só mesmo no final.

   Tem a seu crédito méritos valiosos. Uma vida pública sem casos conhecidos e uma carreira académica honesta.

   E já demonstrou a capacidade de ser solidário com os amigos, quando acedeu ao "convite" de António Guterres para que abandonasse a "reforma" dourada de Bruxelas, e viesse para Lisboa ocupar o cargo de Ministro Adjunto do PM, quando a estrada que conduzia ao pântano já se estava a aproximar perigosamente do fim.

   Agora nesta fase crítica que o País atravessa, espera-se que saiba encontrar o compromisso entre a necessidade de fazer uma política de combate ao Governo, e a obrigação de o apoiar nas decisões mais difíceis que este terá de tomar para cumprir as metas a que o País se propôs. Equilíbrio, bom senso e sobriedade são atributos que se lhe reconhecem, e que se lhe exigem nesta fase.

   Educação também já demonstrou ter. E esta não se aprende na escola. Ou vem do berço ou não chega nunca. O passado recente no seu partido demonstrou à saciedade que em política os "animais ferozes" vão com facilidade para casa estudar, o que na realidade demonstraram bem precisar.

   Finalmente uma palavra de elogio para Francisco Assis, que soube ser fiel às políticas e aos políticos por quem deu a cara no Parlamento durante seis longos anos. Não foi por ele que o PS saiu do Governo, nem ele foi um dos rostos visíveis de um falhanço vivido.

   Portugal, e o Partido Socialista por maioria de razão, não podem desperdiçar um político como Francisco Assis.

   Esperemos que tal não aconteça.

 

{#emotions_dlg.chat}Post 374 

Estado de Alma: Esperançado
Livro: A Casa dos Espíritos
publicado por Lanzas às 13:57

link do post | comentar | favorito

EM DESACORDO

Janeiro 2015

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

posts recentes

JE SUIS CHARLIE

QUANDO NÃO ERA FIXE FALAR...

Marcelo, Santana e o Cand...

Marcelo, Passos e o Candi...

DIREITOS DOS ANIMAIS ...

O ORÇAMENTO DO NOSSO DESC...

CLARA FERREIRA ALVES

CHOVE EM LISBOA

A FISCALIZAÇÃO SUCESSIVA ...

SUPONHAMOS

arquivos

Janeiro 2015

Fevereiro 2014

Janeiro 2014

Fevereiro 2013

Janeiro 2013

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Julho 2012

Junho 2012

Maio 2012

Abril 2012

Março 2012

Fevereiro 2012

Janeiro 2012

Dezembro 2011

Novembro 2011

Outubro 2011

Setembro 2011

Agosto 2011

Julho 2011

Junho 2011

Maio 2011

Abril 2011

Março 2011

Fevereiro 2011

Janeiro 2011

Dezembro 2010

Novembro 2010

Outubro 2010

Setembro 2010

Julho 2010

Junho 2010

Maio 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Procurar no blog

 

links

blogs SAPO

subscrever feeds

blogs SAPO

tags

todas as tags